domingo, 17 de fevereiro de 2013

Vagens secas (casulos) com fumeiro

Finais de Janeiro, principio de Fevereiro, é a altura em que a minha mãe compra o fumeiro (olha, rimei.. :). Apesar de nós insistirmos para que não o faça, pois é muito caro, ela continua a comprar para, sempre que um de nós vai a Chaves, mandar também para os que não foram, uns miminhos. No fim-de-semana passado, vieram de lá as minhas irmãs L. e A., e trouxeram-me linguiças, salpicões e um chouriço de sangue. Eu pedi também à minha mãe, para me mandar 1kg de vagens secas.
Por isso, decidimos que hoje daríamos uma "facadinha" na dieta, e vamos fazer as vagens cozidas com linguiça, salpicão e chouriço.
O P. nunca comeu, e como arraçado de alentejano que é, prefere os enchidos do Alentejo aos de Trás-os-Montes. Vamos ver o que ele acha...


Ingredientes

1 salpicão
1 linguiça
1 chouriço de sangue
200gr de vagens secas
Batatas
Sal
Azeite
Vinagre


Preparação


De véspera, colocar as vagens de molho em água fria.



Elas vão duplicar o volume que tinham quando secas.

Pôr as vagens a cozer em água com azeite. Só se põe sal quando já estão cozidas, e deixa-se ferver mais uns minutos.
As vagens demoram aproximadamente 1h30m a cozer. Se for necessário acrescentar água, deve ser água fria.
Numa panela, pôr a cozer a linguiça e o salpicão por, aproximadamente 1 hora.

Picar o chouriço, para não rebentar, e cozer em lume brando,num tacho com água apenas a cobrir, sem tampa, por aproximadamente 10 minutos.

Cozer batatas.
Depois, é só cortar o fumeiro, escorrer as vagens e as batatas e... prá mesa.

Eu gosto das vagens temperadas com azeite e vinagre. Mas isso, fica ao vosso critério.



Eu acredito que esta não é uma comida consensual, e pode, aos olhos de alguns, ser até estranha... Mas aconselho-vos a experimentar.

Para quem vive em Lisboa, existe agora um espaço onde podem encontrar todos os ingredientes mencionados, com origem em Trás-os-Montes. Eu só fui ontem conhecer, e apenas posso falar dos pastéis de Chaves, do pão centeio de Bragança e de uma bola de azeite... Todos deliciosos!!
Deixo aqui o link da página  Prazeres da Terra.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 comentários:

  1. Nunca comi vagens secas, que interessante :)

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca provei vagens secas, mas adorei o aspecto do teu pratinho!!! :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Ainda só comi as casulas lá em Bragança, com aquele enchido admirável feito de ossos, o butelo. Sou dos que gostam muito (principalmente dos enchidos) Às cascas/vagens/casulas acho graça, embora confesse que não seria acompanhamento a que chamasse preferido.

    ResponderEliminar
  4. Vagens secas!!! E eu apensar que já tinha visto tudo :))

    ResponderEliminar
  5. Amiga,

    Nunca comi casulos, mas parecem-me deliciosos...
    Agora esses enchidos ?
    Ai ! Tiram-me do sério, querida ! :)))
    Adoro !

    Beijinhos grandes

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pela receita.
    Um excelente prato da gastronomia transmontana

    www.bisarosalsicharia.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Lina,
    Não devia dizer isto, bem sei, mas por um prato destes eu dava as facadinhas na dieta que fossem necessárias!
    Fico rendida só de olhar e não preciso de provar para saber como é um regalo ao palato esse prato tão tradicional, tão nosso, tão reconfortante! :) Adoro! :)
    Olho e penso, estou em casa, estou em família, vai-me saber pela vida!

    Bom fim de semana! :*
    Aida

    ResponderEliminar