sábado, 19 de abril de 2014

Folar de Chaves (Receita da minha Mãe)

Decidi que este ano não podia passar sem me aventurar a fazer o folar que ao longo de toda a vida tem sido sinónimo de Páscoa, Mãe, Família, Amor... A minha Mãe está velhinha, já há muitos anos que não é ela a fazê-lo, mas agora já nem a Leonor tem forças para tal empreitada. E eu quero que a tradição perdure. Por mim, mas principalmente, pelo meu filho. Infelizmente, este ano, o meu filho não vai poder estar cá na Páscoa, e já estou a ouvi-lo dizer: " Pois, tiveste mesmo de esperar que eu fosse para Londres, para te atreveres a fazer o folar... " E eu digo-te, meu filho, custa-me tanto que não estejas cá para o comer!! Mas vê isto pelo lado positivo, este foi de treino, nem os enchidos são de Chaves... Quando vieres faço-te um a sério, só para ti! Promessa de Mãe!
E agora a receita tal qual a minha mãe me ditou.







Ingredientes

1 Kg de farinha sem fermento
250 gr de manteiga
8 ou 9 ovos (conforme sejam maiores ou mais pequenos) 
40 gr de fermento de padeiro
1 colher de sopa de azeite 
1 colher de sopa de sal dissolvido em ½ chávena de água quente.
Presunto
Salpicão
Toucinho

Preparação




Batem-se os ovos com uma colher de pau.
Num alguidar põe-se a farinha, arredada a um canto, e põe-se os ovos no espaço que sobra. Depois, põe-se o fermento, que se dissolveu em água quente, metade do sal, também dissolvido em água quente, e a manteiga derretida (mas não muito quente). 
Vão-se integrando os elementos, tendo o cuidado de não cozer os ovos com os ingredientes quentes. 
Quando os líquidos estiverem todos integrados na farinha, prova-se a massa. Se estiver insossa, põe-se mais um pouco da água com sal.
Se a massa estiver mole, vai-se acrescentando farinha. Bate-se bem e quando tivermos uma bola que se solte do alguidar, põe-se um pouco de farinha no fundo do alguidar, põe-se a massa, e polvilha-se com um pouco de farinha. Tapa-se com uma pano de linho, por cima do qual se coloca um cobertor. Fica uma hora a levedar. 
Quando a massa começar a abrir, tendem-se os folares.


Têm-se as formas untadas com margarina e as carnes partidas. Estende-se a massa, com as mãos, colocam-se as carnes calcando suavemente, e enrola-se. 


Põe-se dentro da forma e fica a levedar mais uma hora. 



Vai a cozer a 180º Se fizermos um folar grande, demora mais ou menos uma hora a cozer. Se forem folares mais pequenos, demora entre 35 a 45 minutos. Eu fiz estes dois e demorou uma hora. Se começar a ficar escuro antes de estar cozido, põe-se papel de alumínio por cima.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19 comentários:

  1. E o treino correu muito bem! Nem quero imaginar quando for a sério e com os enchidos lá de cima...
    Bjinhos e Boa Páscoa!

    ResponderEliminar
  2. Bem: que aspeto maravilhoso. A massa ficou excelente e devem ser muito bons. Tão bom mantermos estas tradições familiares, não é?
    Bjn e uma feliz Páscoa
    Márcia

    ResponderEliminar
  3. Também gosto de perpetuar as tradições familiares que dizem respeito à comida. É através dos sabores que podemos "viajar" para outros tempos, outros espaços e até para junto de outras pessoas.
    Quanto ao fato de o filho estar longe, toca a embalar um folarzinho destes e a enviá-lo pelo correio ;) Deve-se ter atenção é ao peso: não exceder os 2kg.
    A minha mãe manda-me sempre folar do dela e até já chegou a enviar galinha!! É sempre bom receber... podemos fazer a tal "viagem" ;)
    Boa Páscoa.
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Que aspeto delicioso! Adoro este género de folares :)
    Boa Páscoa! Beijinhos

    Recanto com tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Boa Páscoa.

    ______________________
    Ana Teles | Telita
    blog: Telita na Cozinha

    ResponderEliminar
  6. Lindas, perfeitas e certamente deliciosas!
    Feliz Páscoa :)

    ResponderEliminar
  7. Querida Lina!
    Que bela e útil decisão tomaste amiga e, com a entrega de esse testemunho vamos partilhar e será uma consequência em cadeia, mais difícil de cair no esquecimento. E uma deliciosa bola como esta é para ver, fazer e saborear. Vou experimentar levando a receita, adoro bolas e a tua já é famosa!
    Desejo uma Páscoa Feliz para ti e toda a família e que seja bem docinha!
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  8. O que eu gosto desse folar!!!
    É tão bom...Agora fiquei com fome!
    Adoro esta receita...e se é receita da mãe, só pode ser deliciosa!

    Beijinho e embora não tenhas cá o filhote, desejo-te uma Páscoa doce e feliz!

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Ficou um primor, parabéns!!!!!
    Feliz Páscoa!
    beijinhos
    http://aromas-com-amor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Comi ontem:)
    Ficou tal e qual como o que comprei, que aspecto tão bom e essa massa tão fofa, perfeito.
    Levo a receita.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Beeem... está lindo! Espero que tenham tido uma Páscoa muito feliz :)
    Bj S

    ResponderEliminar
  12. Gosto tanto destes folares/bolas!!! Está perfeito :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Este Folar ficou com um excelente aspecto...na minha terra também e o Rei na mesa da Páscoa!
    Mas sabe sempre bem em qualquer altura do ano...

    Beijinhos;

    ResponderEliminar
  14. Que excelente aspecto!!! E como cresceram! Este ano também fiz um doce, o meu primeiro: ficou muito tosco, mas gostei muito!
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
  15. Lina querida,

    Excelente tomada de decisão ! :)
    Desta forma, não só treinas para os que virão, como não permites que essa tradição caia no esquecimento !
    O filhote não perde pela demora, pois quando voltar terá já um folar pleno de sabedoria feito pelas mãos da Mãe ! :)
    Digo-te: ficou perfeito o teu lindo folar, mesmo que os enchidos não sejam de Chaves, eu acredito que tenha ficado uma grande delicia ! :)

    Beijinhos, amiga ! *

    ResponderEliminar
  16. Hummm!!! Que saudades do folar de Chaves!!!! Desde que a minha avó faleceu nunca mais comi... Um dia destes experimento esta receita!
    Bom resto de semana.

    ResponderEliminar
  17. Quem sempre comeu Folar de Chaves na Pascoa, nunca esquece o seu sabor.
    Também fiz um, mas com Bacon e Salpicão. O sabor parece um pouco plástico, no entanto sempre deu para matar a saudade.
    Obrigado pela receita.

    "Um Flaviense em terras Beiras"...

    ResponderEliminar
  18. Muito obrigado por esta receita que já fiz várias vezes. Há anos que a queria e é mesmo isto. Claro que fiz com enchidos de qualidade. Tenho várias mas esta é que é a original.
    Muito Obrigado mesmo, nem imagina a satisfação que me deu.
    Obrigado. Paulo Rodrigues

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico mesmo muito feliz que tenha gostado da receita, Paulo! O folar, feito com enchidos de qualidade, é inigualável. Obrigada pela sua visita!

      Eliminar